• Pat Estúdio

Como Criar, Distribuir e Monetizar Áudios


Hoje em dia podemos fazer muita coisa com poucos recursos. Até um tempo atrás seria impensável dizer que se pode ganhar a vida trabalhando de casa, com um custo relativamente baixo e apenas gravando sua voz.


Sendo isso hoje uma opção válida, achamos interessante fazer esse pequeno guia para ajudar a quem esteja interessado em seguir com essa carreira!


Primeiramente é preciso definir o que você pretende fazer. Você vai usar sua voz para criar conteúdo próprio sobre algum assunto que domina? Pode ser que fazer cursos on-line seja sua saída. Gosta de comentar sobre assuntos diversos sem uma direção específica? Um podcast de variedades pode ser uma boa opção. Você fala bem e tem uma voz agradável? Que tal narrar histórias, trabalhos, apresentações ou documentários para terceiros?


A questão é escolher cuidadosamente o seu nicho e se focar nele.


Uma vez definido o caminho que você vai seguir, é necessário primeiramente verificar a qualidade da gravação que você vai oferecer para seus clientes ou ouvintes. Ninguém gosta de estar ouvindo um assunto que tem interesse para ser atrapalhado por um som de trânsito passando na rua, cachorros latindo e outros barulhos que atrapalham o que a pessoa realmente quer ouvir. Logo o que você vai precisar basicamente é de um local para gravação, um equipamento para captar o som e um aparelho para gravar e editar o que for gravado.


O local de gravação pode ser qualquer quarto que você tenha a sua disposição e que tenha um efeito de abafar o som para evitar o eco que normalmente aparece em quartos onde as paredes refletem o som. Uma solução bem simples é pendurar cortinas, cobertores ou qualquer coisa que absorva o som. Uma vez que isso esteja resolvido, é necessário ter um microfone que capte o som direcionado. Pode ser um de lapela ou de condensação. Um bom microfone custa atualmente de 200 a 400 reais.


Fora isso você terá que capturar o som em um computador que tenha essa capacidade. Atualmente todos os computadores vem com uma placa de captura de som integrada, logo qualquer um que estiver disponível vai te servir.


Um programa para editar os áudios e salvá-los nos formatos mais comuns pode ser encontrado gratuitamente na internet e pronto! Seu pequeno estúdio de gravação está pronto!


Por último um meio de distribuição será necessário no caso de podcasts ou conteúdo próprio, atualmente o Shopify é uma das melhores alternativas, mas há outras aparecendo diariamente. Lembrando que as visualizações vão pagar relativamente pouco por si só, e que o ideal é fazer parcerias com Patrocinadores e fazer alguns merchandisings para compor sua renda. No caso do conteúdo de terceiros, tudo vai depender do contrato que você fizer com o seu cliente com relação a valores e royalties envolvidos.


Com isso, você provavelmente tem uma base boa para começar sua empreitada de usar sua voz para começar a ter uma renda baseado em demandas digitais! ;)



Contate-nos para orçamentos de gravação de podcast e outros materiais digitais:


WhatsApp: (11) 94065-8326

contato@patestudio.com.br



Continue acompanhando nosso blog para mais textos como esse.


www.instagram.com/patestudio

www.facebook.com/patestudio



#patestudio #marketingdigital #digitalmarketing #marketing #audiovisual #podcast #agenciademarketingdigital #mktdigital #conteudo #dicas

479 visualizações