top of page
  • Foto do escritorPat Estúdio

O arquétipo da balança

Hoje trazemos um estudo sobre o arquétipo da balança, símbolo que tem a missão do equilíbrio. Antigamente usado como instrumento de medida nas trocas comerciais, a balança teve e tem ainda muita representatividade no mundo visível e invisível.


arquétipo do carvalho

O termo balança vem do latim e é formado pelas palavras bis (dois) e linx (prato) que significa "instrumento de dois pratos".


A balança mede e pesa os atos dos homens, tanto na vida terrena como na espiritual. Por esse motivo a balança é o símbolo dos tribunais e das representações nos túmulos de muitas civilizações, como um instrumento medidor, em que pesava as almas dos mortos, numa alusão à justiça divina.


É o principal símbolo da advocacia, representando a justiça, a organização do caos, a ordem social, a imparcialidade e o poder da decisão. Está ligado também a outras áreas profissionais como mediação, arbitragem, diplomacia, auditoria, jornalismo, antropologia, química, física e matemática.


A importância das balanças como um artefato sagrado foi tanta que fez com que ela se tornasse num signo do Zodíaco, Libra. O único signo representado por um objeto, que com seus dois pratos, mede e pondera, considerando o Eu e o Outro. Libra é o signo representativo da integração de polaridades, da aceitação da natureza dual do ser humano, demonstrada pela busca do equilíbrio entre os dois pratos da balança.


No Tarot, a balança surge no oitavo maior arcano, a carta da Justiça. Representada por uma figura feminina, a Justiça, segura em uma das mãos uma balança e na outra uma espada. A mão que segura a balança fica na altura do coração, simbolizando a raiz de suas escolhas. A Justiça acontece apenas pelos atos e suas consequências. Remete à ética, à justiça divina e ao balanço entre os opostos: bem e mal, certo e errado, luz e escuridão.


A balança como um arquétipo do inconsciente coletivo vem associado à busca da verdade, trazendo a ideia de ouvir as partes envolvidas com imparcialidade, à busca de ações corretivas, à ação prudente considerando bem as consequência dos atos, ao reconhecimento de direitos, ao cumprimento da palavra, ao comportamento correto e ético.


Um dos elementos mais representados na advocacia, a balança traz um simbolismo de nivelamento das partes envolvidas, pesagem das ações e a aplicação equilibrada da lei. É atribuída ao significado de justiça, representando o equilíbrio, igualdade, a prudência e a ponderação. Ainda na esfera do direito, à imagem da balança é atribuída a equivalência entre o castigo e a culpa, que deve ocorrer durante um julgamento.


A balança é o principal instrumento carregado pela deusa Themis, deusa grega da justiça, que, além da balança na mão esquerda, é representada com os olhos vendados, demonstrando sua imparcialidade, sua deliberação e a tomada de decisões sem críticas pessoais aos envolvidos. De modo mais amplo, a venda nos olhos da deusa Themis é o abandono ao destino e a desconsideração pelo mundo exterior, pois a ausência de visão era entendida como algo que permitia vislumbrar segredos, reservados apenas aos deuses.


Na tradição egípcia as balanças do mundo subterrâneo pesavam as almas na sua passagem para a outra dimensão. São muitas as representações tumulares dos egípcios encontradas, nas quais Osíris (deus do julgamento) e Maat (deusa da justiça), definiram o destino dos mortos a partir da pesagem dos seus corações: de um lado da balança estava colocado um coração ou um vaso, e no outro lado estava uma leve pena de avestruz, simbolizando a verdade e a justiça.


Na Bíblia, Daniel refere-se à balança que pesou Belshazar e nos túmulos dos primeiros cristãos também aparecem as balanças. Na tradição cristã São Miguel, que é o arcanjo do julgamento. Ele representa a justiça divina e tem em suas mãos uma balança perfeitamente equilibrada, com a função de pesar as almas, aferindo seu comportamento correto ou não, diante do trono de Deus.


Arquétipos e símbolos podem ser muito bem aplicados como ferramentas e estratégias de marketing, mas isso exige estudo e prudência em sua aplicação. Eles têm uma profundidade muito ampla no inconsciente coletivo e precisam ser bem pensados e direcionados.


Se gostou desse conteúdo, fique ligado nos próximos artigos que seguiremos trazendo mais informações sobre outros arquétipos interessantes.


Siga acompanhando nossos posts para saber mais!


Envie uma mensagem aqui no direct ou por e-mail para: contato@patestudio.com.br


Telefone: (11) 2356-1191 WhatsApp: (11) 96331-9779



Siga-nos em nossas redes sociais e fique sempre de olho nas novidades!


78 visualizações

Comments


bottom of page